Ser sal da terra e luz do mundo. Este foi o lema do III Encontro de Leigas e Leigos que partilham os carismas de ordem e congregações religiosas, que aconteceu 6 e 7 de agosto nas dependências da Faculdade Bagozzi, em Curitiba. Cerca de 75 pessoas todo o Paraná, representando quinze carismas diferentes, entre eles o dos Irmãos Maristas, aprofundaram o Documento 105 da CNBB, Cristãos Leigos e Leigas na Igreja e na Sociedade, recentemente aprovado pelos bispos brasileiros, e a encíclica Laudato Si, do Papa Francisco.

Dois professores de teologia leigos ajudaram o grupo nessa reflexão: César Kuzma, da PUC-Rio, e Rosana Manzini, da PUCSP e Unisal. Ambos insistiram na compreensão dos leigos na Igreja, como batizados que buscam a autonomia da fé e a corresponsabilidade na missão da Igreja no mundo, sendo sujeitos. Houve também espaço para a partilha de experiências e de compreensões da identidade dos leigos dentro dos vários carismas.

Durante o evento, houve um momento de testemunho de cinco leigos sobre o modo como vivem sua vocação a partir dos carismas a que estão filiados. Na abertura, Ir. Pedro Wolter, Irmão Marista e coordenador da CRB no Estado do Paraná, acolheu os participantes e incentivou-os a fazer junto com religiosas e religiosos esse caminho conjunto dentro dos variados carismas.

O Encontro encerrou-se com a missa, presidida pelo padre Neto Josefino, que convidou os presentes a não desanimarem do caminho de comunhão e de vitalidade. O grupo decidiu pela continuidade dos encontros e, ao mesmo tempo, pela articulação de núcleos regionais, para envolver outros grupos nesse processo.