A fim de contribuir com as ações de enfrentamento à violência sexual, a Rede Marista de Solidariedade, por meio do Centro Marista de Defesa da Infância, lançou uma nova edição da Campanha Defenda-se. O projeto, que busca promover a autodefesa de crianças contra o abuso e a exploração sexual, agora disponibiliza seus dez vídeos em libras e áudio-descrição.

O coordenador da campanha, Vinícius Gallon, conta que a reedição do material busca promover a participação de crianças com deficiência no enfrentamento à violência sexual. “Segundo dados do IBGE de 2010 o Brasil tem aproximadamente 680 mil crianças e adolescentes entre 0 e 17 anos com deficiência visual ou auditiva. Oportunizar que esses meninos e meninas também tenham acesso à informação em linguagem adequada e acessível sobre como identificar e as formas de denunciar a violência sexual significa ampliar suas chances de se defender e relatar a alguém de confiança o que aconteceu”, afirma.

Os vídeos também ganharam versões com legendas em espanhol e inglês, além de spots de 30 segundos para rádio. “Optamos por fazer uma campanha totalmente virtual, mas entendemos que muitas crianças ainda não têm acesso a computador ou internet. Por isso criamos dez spots com tamanho reduzido para que possam ser radiodifundidos em todo país. Além disso, como estamos em um país turístico, que recebe muitos imigrantes, consideramos importante prever legendas em outros idiomas”, relata.