As Diretrizes da Ação Evangelizadora do Grupo Marista nos afirmam que o Instituto Marista, fiel ao Evangelho, à Igreja e ao legado de Champagnat, procura ler os sinais dos tempos e buscar, com audácia, todos os meios para tornar Jesus Cristo conhecido e amado (cf. DAE, nº 210).
Desde o ano de 2013, os Setores Provinciais, de maneira mais sistemática, vêm discutindo estratégias para a formação dos pastoralistas e animadores vocacionais do Grupo Marista; em 2015, instituiu-se o Grupo de Trabalho Formação de Pastoralistas, que, entre outras encomendas, recebeu a de estruturar o processo de formação daqueles e daquelas que se dedicam a cuidar da evangelização (cf. DAE, n º 46). Após muitas reuniões e trabalhos, chegou-se à elaboração do projeto Grupos de Estudo e Partilha de Vida, o qual propõe um itinerário formativo in loco, ou seja, nas próprias Unidades e Frentes de atuação do Grupo Marista. Tal formação – acentue-se – visa a busca pela excelência da episteme (verdadeira sabedoria ou saber) própria da Pastoral, mas, acima de tudo, uma formação a partir daquilo que o Papa Francisco nomeia de “evangelizadores com Espírito”, quando afirma: “Evangelizadores com espírito quer dizer evangelizadores que se abrem sem medo à ação do Espírito. […] Evangelizadores com espírito quer dizer evangelizadores que rezam e trabalham” (Evangelii Gaudium, nº 259 e 262).

A proposta de formação e vivência dos pastoralistas e animadores vocacionais do Grupo Marista – realizada semanalmente – será motivada e orientada pelos subsídios dos Grupos de Estudo e Partilha