O Instituto Marista reconhece variados modos de se relacionar com o carisma de Champagnat. Irmãos, leigos e leigas Maristas são aqueles que se engajam na proposta de seguir Jesus Cristo, do jeito de Maria, a serviço das crianças e jovens. Para tanto, são convidados a participar de itinerários para o discernimento e desenvolvimento da própria vocação.

Somos todos “povo de Deus”, com um só Senhor, uma só fé e um só Batismo (Ef 4,5); em comum dignidade dos membros, partilhando uma só esperança e uma caridade indivisa. (Lumen Gentium, n. 32). Os Irmãos Maristas optam por seguir a Jesus Cristo como religiosos consagrados, professando votos de castidade, pobreza e obediência, ato que os vincula canonicamente ao Instituto Marista. Os Leigos e Leigas sentem-se igualmente chamados a viver a vocação Marista sem a necessidade de votos, porém íntegros na própria família e na sociedade, colocando seus dons, habilidades e competências a serviço da missão.

Para o Instituto Marista, a complementariedade vocacional entre Irmãos e Leigos é o meio privilegiado pelo qual se dinamiza hoje o carisma marista. Essa relação se manifesta pelo exemplo de comunhão, de autonomia e de corresponsabilidade, vivido por homens e mulheres que partilham a herança espiritual de Champagnat e realizam juntos a missão marista. É um sinal do Espírito para que não duvidemos a vitalidade e continuidade do Instituto. É um Kairós, momento oportuno para partilhar e viver com audácia o carisma marista, formando todos juntos uma Igreja mais profética e mariana (XXI Capítulo Geral, p. 20). Seguimos constituindo uma família carismática formada por novas e diversas expressões comunitárias; desenvolvemos processos e estruturas de acompanhamento das vocações maristas que geram novas maneiras de vinculação e pertença dentro do carisma marista (II Assembleia Internacional da Missão Marista, Nairobi).