O Superior Geral, Ir. Emili Turú, ao convocar todo o Instituto Marista para a celebração dos 200 anos de fundação, reafirma que o sonho primeiro de Champagnat de levar o Evangelho às crianças e jovens mais necessitados deve ser nossa inspiração e o princípio orientador de nossas ações. Nesse sentido, é parte integrante da missão e do carisma marista a evangelização com as infâncias.

O apelo do XXI Capítulo Geral do Instituto Marista – que nos convida a “a agir com urgência para encontrar formas novas e criativas de educar, evangelizar e defender os direitos das crianças e jovens pobres mostrando-nos solidários com eles” – nos aponta uma necessidade e um caminho: a necessidade de lançar mão de meios eficazes e criativos, de atuar para responder a esse chamado e um caminho ao propor a interlocução entre educação, evangelização e defesa dos direitos a partir de uma relação solidária com crianças e jovens em vulnerabilidade.

Dessa maneira, todos os nossos esforços, atividades, projetos e ações tem como finalidade primeira “tornar Jesus Cristo conhecido e amado” entre os “pequenos do Reino de Deus” (cf. Mc 10,13-16)