Nessa etapa , o jovem recebe o nome de Irmão e dedica-se a aprofundar, clarificar e confirmar a autenticidade da sua vocação, isto é, comprovar que é chamado a ser Irmão Marista, do jeito de Maria e de São Marcelino Champagnat. Confirmando-se o chamado vocacional, o Noviço se consagra a Deus pela profissão dos conselhos evangélicos de pobreza, obediência e castidade. Três grandes objetivos marcam essa etapa que possui duração de dois anos: 1) intensificar a interiorização e o conhecimento de si para comprovar as motivações e aptidões, em vista do engajamento no Instituto Marista; 2) conhecer as Constituições e a espiritualidade marial, apostólica e de Marcelino; 3) aprofundar a relação com Deus para ser apóstolo e tornar Jesus Cristo conhecido e amado pelas crianças e jovens, identificando-se com Ele, por meio do cultivo do exercício da oração, da Eucaristia, da leitura espiritual, da inserção pastoral e comunitária; do acompanhamento do Irmão Mestre e seus colaboradores.