“A família global do XXII Capítulo Geral vem se construindo e se fortalecendo a cada encontro”. A frase do Ir. Vanderlei Siqueira, Diretor da DERC, define o encontro da equipe da Educação Básica da Região América Sul. Entre os dias 18 e 21 de junho, representantes das províncias que compõe o grupo, além do Secretário Executivo da Umbrasil, Ir. Natalino de Souza, estiveram em Curitiba (PR), para conhecer e se aprofundar nas atividades desenvolvidas pela DERC (Diretoria Executiva da Rede de Colégios e DEAS (Diretoria Executiva de Ação Social) da Província Marista Brasil Centro-Sul.

A visita foi uma das etapas do plano de desenvolvimento da atuação em rede, pedido feito pelos Conselhos Provinciais. Conhecer, desenvolver, disseminar a cultura marista, e fazer uma imersão na pedagogia aplicada em nossos colégios e unidades sociais foi um dos grandes objetivos da realização do encontro.

Para isso, os representantes visitaram o Centro Educacional Marista Ecológica, em Almirante Tamandaré (PR) e o Colégio Marista Anjo da Guarda, recém-inaugurado em Curitiba (PR). “Para nós, como Região América Sul, escutar atentamente, observar experiências para que essa seja uma prática a ser exercida em cada uma das Províncias, nos fazer entender que podemos replicar em nossas realidades e multiplicar os efeitos para que não sejam riquezas apenas de um país ou de uma província”, diz Ernesto Reyes, da Província Marista Santa Maria de Los Andes.

Ser o coração da missão Marista, a educação, faz com que cada representante lembrasse que o olhar deve ser coletivo, mas respeitando as individualidades. “A visita ao Centro Educacional Marista Ecológica foi bem pertinente, pela ideia de proposta da região, algo inovador, com educação em tempo integral. Ali pudemos colher, com muita simplicidade, aspectos que precisamos ponderar quando formos fazer proposições para a Região América Sul”, comenta o Ir. Claudiano Tiecher, representante da Província Marista Brasil Sul-Amazônia. Outro ponto destacado por Deysiane Pontes, da Província Marista Brasil Centro-Norte, é a integração como grupo. “Vemos o quanto ainda podemos e devemos nos conhecer, em termos de gestão, governança, animação e pedagogia”, comenta.

Além de conhecer unidades do Grupo Marista, a equipe visitou pontos turísticos da capital paranaense e também esteve no Memorial Marista. Mais dois encontros estão programados nos próximos meses: na Província Marista Cruz del Sur e na Província Marista Sul-Amazônia para dar continuidade ao planejamento dos três macros atividades propostas; a realização de intercâmbios e formações em conjunto; o levantamento de informações internas e externas, em vista da identificação do modelo de rede de escolas que se quer para a Região América Sul e a elaboração do planejamento estratégico da rede de escolas.