Foi nomeado pelo Conselho Geral como próximo Superior Provincial da Província Marista Brasil Centro-Sul, no triênio 2018-2020, o Irmão João Carlos do Prado. Nascido em Jaborá-SC, no dia 15/01/1971; é filho de João Amador do Prado (falecido) e de Ilse Maria do Prado. Ingressou no Centro de Formação Marista de Caçador-SC, em 15/2/1987. Passou pelos Centros de Formação de Jaraguá do Sul, Florianópolis, Passo Fundo e, novamente, Florianópolis. Fez seus primeiros votos em 8/12/1992 e seus votos perpétuos dia 29/5/1999, em Joaçaba-SC.

Sua formação acadêmica é variada: Magistério (secundário); Bacharelado em Ciências Religiosas pela PUCPR; Licenciatura em Letras Inglês/Português pela UNOESC de Joaçaba e mestrado em Educação pela PUCPR. O Ir. João estava se preparando para fazer doutorado nos Estados Unidos, quando foi convidado e aceitou assumir a missão de Provincial.

Ao longo da vida, atuou na missão marista como pastoralista, no Colégio Frei Rogério de Joaçaba-SC; “Programa Vida Feliz”, em Joaçaba; Diretor do Setor Provincial de Pastoral. Nos últimos seis anos, atuou em Roma como Secretário da Missão, para o inteiro Instituto, subordinado ao Conselho Geral.

Segundo o planejamento da Província, o Ir. João Carlos assumirá sua nova missão no decorrer do Capítulo Provincial que acontecerá entre os dias 5 a 8 de dezembro de 2017, no CMMC-Curitiba. Entre os dias 8 de setembro até meados de outubro, participará do XXII Capítulo Geral, na cidade de Medellín – Colômbia, como delegado da Província.

“Agradeço ao Ir. João Carlos sua abertura e disponibilidade para servir o Instituto como provincial. Meu sincero agradecimento também ao Ir. Joaquim Sperandio, que durante esses últimos seis anos vem dando o melhor de si mesmo para a animação e o governo da Província”, diz Emili Turú, Superior Geral.  E ainda ressalta: “Que Maria continue inspirando nossa caminhada rumo ao XXII Capítulo geral. Que a sua presença os anime a assumir juntos a construção de “um novo começo” para o Instituto, segundo o que o Espírito espera da Província Brasil Centro-Sul neste momento histórico.”