No próximo dia 8 de dezembro será realizada a cerimônia de beatificação do Irmão Henri Vergès, religioso e educador Marista morto na Argélia em 1994, país no qual realizou importantes obras de educação e evangelização. Seu trabalho é reconhecido pelo respeito ao islamismo do país, pela perseverança em meio às adversidades e pelo valor dado aos ideais Maristas e aos jovens argelinos.

Henri foi para Argel, capital da Argélia, em 1969. O chamado a essa missão o encheu de entusiasmo. No livro “Rezar 15 dias com Henri Vergès”, Alain Delorne comenta sobre a decisão de enviá-lo ao norte da África e sua reação. “Sua resposta estimula a nossa, tanto nos ‘sim’ modestos da vida cotidiana quanto nos mais exigentes de certos momentos importantes”. Em uma de suas cartas, transcrita no livro, Henri comenta o episódio. “Humor da Providência, que sabe preparar o terreno, que sabe esperar o ponto conveniente de maturidade. Era preciso ir adiante nas pegadas da Virgem da Anunciação”.

Henri Vergès - tela