Três Irmãos do Brasil trabalharão em uma nova escola em Timor-Leste que em breve será estabelecida pela província da Austrália. São os Irmãos Manoel Soares da Silva, (província Brasil Centro-Norte), João Batista Pereira (Província Brasil Centro-Sul), e um terceiro Irmão que será escolhido nos próximos meses da província Brasil Sul-Amazônia.

A província da Austrália e o bispo da diocese de Baucau, o Bispo Basílio do Nascimento, estão discutindo há algum tempo sobre a localização da escola, que será uma área de grande necessidade.
Atualmente, existem duas obras maristas no país, lideradas pela província da Austrália: o Instituto Católico para Formacão de Professores em Baucau, desde 2005, e um programa de formação inicial para jovens que aspiram ser Irmãos Maristas.

Em 2013, os Irmãos da Austrália pediram à UMBRASIL, que representa as três províncias do Brasil, que apoiasse seu trabalho no Instituto e na formação inicial de jovens irmãos. O Brasil logo enviou os Irmãos Lecio Heckler, em 2013, e Pedrinho Tambosi, em 2015, a Baucau, onde atualmente se dedicam à pastoral na diocese e fazem a formação inicial dos vocacionados maristas.
Os Irmãos Manoel e João estão na Austrália de 9 de fevereiro a 29 de julho para aprender Inglês antes de viajar para o Timor Leste. Uma vez em Timor-Leste, sua atenção inicialmente se concentrará em aprender Tetum, a língua nativa de Timor-Leste e depois na nova escola.

A presença dos Irmãos brasileiros e australianos no Timor Leste cumpre a mensagem do XXII Capítulo Geral: “Caminhemos como família global!” Um dos cinco apelos é ser “família carismática global, farol de esperança neste mundo conturbado”. Este apelo também pede para “promover e alimentar a vida marista em toda a sua diversidade, realizando nossa esperança de atuar como um corpo global”.

Na foto, os Irmãos Manoel Soares da Silva (terceiro a partir da direita) e João Batista Pereira (primeiro a partir da direita) chegam à Austrália.