O ‘‘Gaudete et Exsultate’’ (Alegrai-vos e exultai) é a terceira exortação apostólica do atual pontificado. Neste documento, o Papa Francisco aborda a falta de coerência de alguns cristãos nas propostas éticas e sociais. Ele propõe uma maior atenção aos mais necessitados e à justiça social na vida dos católicos, que desafia a “reconhecer Jesus nos pobres e migrantes”.

A exortação apostólica, documento de teor catequético, desafia as comunidades a promover uma defesa efetiva da vida em todas as suas etapas; retoma a importância da misericórdia, conceito central no pontificado, e aponta como referência de vida espiritual o capítulo 25 do Evangelho segundo São Mateus, que indica um julgamento divino com base no que cada pessoa fez em prol do outro.

O texto alerta para o erro dos que separam as exigências do Evangelho do seu “relacionamento pessoal” com Deus, transformando o Cristianismo numa “espécie de ONG”, bem como para o erro das pessoas que olham com suspeita para “o compromisso social dos outros”.
O critério de avaliação da nossa vida é, antes de mais nada, o que fizermos pelos outros, defende o Papa.

Clique aqui e conheça o documento.

Acompanhe a síntese no vídeo: