A abertura oficial do Encontro Nacional da Família Marista ocorreu na noite de quinta-feira (20/04), no Recanto Marista (Remar), em Ribeirão das Neves (MG). O evento, organizado pela União Marista do Brasil (UMBRASIL) e as Províncias do Brasil Marista (Centro-Norte, Centro-Sul e Sul-Amazônia), foi realizado até o dia 23 de abril, sob o tema “Família Marista: Promessa, Fidelidade e Compromisso”, com a participação dos Irmãos, Irmãs, Padres Maristas, leigos e jovens.

O presidente da Umbrasil e provincial da Província Marista Sul-Amazônia, Ir. Inácio Etges, fez o discurso de abertura, ao destacar que os 200 anos representam para alguns saudosismo, histórias de vida, mas a celebração simboliza olhar para o presente e o futuro. O Irmão relembrou, na fala, as três palavras do Superior Geral do Instituto Marista, Ir. Emili Turu, que resumem o momento do bicentenário. “Gratidão, por tudo que construímos no passado, por nossas vidas e vocação marista; perdão, pelas vezes que não fomos fieis; e o compromisso, para continuarmos a missão, com os leigos. Que o encontro será celebrativo e prospectivo, para trabalharmos o futuro de modo conjunto”, disse o Irmão.

A Assistente Geral das Irmãs Maristas, Ir. Sylvette Mané, saudou o grupo, ao dizer da alegria de participar do encontro. “A celebração de hoje recorda a Promessa de Fourvière feita na França. Aqui é a continuidade da promessa que estamos vivendo. O sonho de 12 homens que se tornou realidade, hoje, é o sonho dessa grande família”, relembrou entusiasmada a Irmã.

O Padre José Roberto Furtuoso, representante dos padres maristas no Brasil, disse que celebrar 200 anos de vocação religiosa é sinal de alegria. “Como parte da família dos ramos dos padres maristas, não podemos deixar de agradecer os Irmãos Maristas pelo convite para estarmos neste encontro, onde partilharemos os pontos em comum que nos fazem caminhar juntos como família Marista”, pontuou o padre.

A mística de acolhida foi conduzida pelo Ir. Rafael Ferreira Júnior, diretor do Centro de Estudos Maristas (CEM), de Belo Horizonte. Na ocasião, ele realizou dinâmica em grupo para a integração dos participantes, trabalhou a história dos fundadores das Congregações – Padre João Claudio Colin (Padres Maristas), Francisca Perroton (Irmãs Missionárias Maristas), São Marcelino Champagnat (Irmãos Maristas) e Joana Maria Chavoin (Irmãs Maristas). A partir do versículo bíblico “Levanta os olhos para o céu e conta as estrelas, se é capaz…assim será a tua descendência” (Gn, 15,55), Ir. Rafael fez o momento oração e reflexão em grupo. “Essa passagem deve nos inspirar porque somos continuadores da missão iniciada por nossos fundadores”, relembrou o Irmão.

No dia 21 de abril, foram promovidas as conferências “Fourvière, ontem e hoje – Promessa, fidelidade e compromisso” e “Maristas: vida, promessa e missão: como vivemos de forma profética a continuidade da promessa nas situações de fronteira?”, seguidas de trabalho em grupo.