Missão Marista

MISSÃO É UMA INCUMBÊNCIA, UM DEVER, UM COMPROMISSO, UM LEGADO.

Conheça o conjunto de características Maristas que compõe nossa Identidade

Identidade
Identidade

A identidade Marista é revelada a partir de um conjunto de características próprias e marcantes, com as quais o Instituto Marista, suas atividades, seus Irmãos, Leigos e Leigas, se distinguem perante seus semelhantes.

A expressão desta identidade no Grupo Marista se dá a partir dos seguintes pontos: Espiritualidade Apostólica Marista, Elementos Inculturadores, Cultura e Memória Marista, Vida Marista e Valores Maristas. Clique nas opções abaixo:

Espiritualidade_apostólica

ESPIRITUALIDADE APOSTÓLICA MARISTA

É a espiritualidade inspirada em Marcelino Champagnat.
Foi desenvolvida pelos primeiros Irmãos do Instituto Marista e vem sendo transmitida até os dias atuais. Vivência da espiritualidade cristã de um modo marial, isto é, do jeito de Maria, e apostólico.

Experiência viva e dinâmica de Deus, que se orienta, ao mesmo tempo, à contemplação e à ação: transformados pelo amor de Jesus, a exemplo de Maria, Irmãos, Leigos e Leigas maristas são enviados, em missão, a anunciar a Boa Nova de Deus às crianças e aos jovens da sociedade.

A Espiritualidade, sob abordagem marista, é um dos valores institucionais que baseiam a atuação do Grupo Marista. E definida como: prática, relacional e afetiva, fundamentada no Evangelho, sendo Maria a inspiradora de nosso jeito de ser e atuar. Constrói o modo como compreendemos o mundo, a natureza, as pessoas, Deus e como nos relacionamos com eles. É a força propulsora de nossa vida.

Elementos_inculturadores

ELEMENTOS INCULTURADORES

Elementos inculturadores são um conjunto de componentes interdependentes (que podem ser interpretados como conceitos-chave, espaços, temas ou dimensões) que julgamos ser prioritários para a dinamização da ação evangelizadora na cultura atual. Acreditamos que estes elementos favorecem o diálogo entre os princípios e valores do Evangelho com as culturas contemporâneas.

Clique nos itens abaixo e conheça mais profundamente estes elementos.

Conheça mais clicando nas caixas abaixo:
  • Dignidade Humana

    A dignidade diz respeito à consciência da pessoa quanto ao seu valor inestimável e universal. Não se trata de uma concessão social, mas a dignidade da pessoa humana é um valor transcendente, e como tal, será́ sempre reconhecida por todos aqueles que se entregaram sinceramente à busca da verdade.
    De modo geral, a dignidade das pessoas que integram a Instituição Marista torna-se mais evidente:

    • a) Na primazia da pessoa em relação ao cargo ou atividade que exerce.
    • b) Na valorização de seu empenho profissional, apostólico, estudantil e solidário.
    • c) Pelo reconhecimento dos dons e talentos colocados a serviço da missão.
    • d) Ao acolherem-se Irmãos, Leigas e Leigos em “torno da mesma mesa”, como partícipes de uma mesma comunidade de fé e esperança.
    • e) Ao focarmos as crianças, adolescentes e jovens, sobretudo os mais pobres, como prioridade em nossas decisões.
    • f) Ao propiciarmos espaços acolhedores para todos.
    • g) A sensibilidade em ajudar as pessoas a superar suas dores e limitações. E, por outro lado, na celebração por suas conquistas e alegrias.
  • Educação Emancipadora

    A educação emancipadora é aquela que concede ao indivíduo a oportunidade de reconhecer a si e ao outro como sujeitos autônomos e interdependentes num processo gerador de humanização. A educação assume caráter emancipador quando cria oportunidades para os sujeitos desenvolverem suas potencialidades e seu livre pensar, incorporando diferentes saberes, conhecimentos técnicos, linguagens e tecnologias na promoção da investigação, da reflexão, do posicionamento crítico frente à realidade, fomentando o protagonismo e a solidariedade, considerada a virtude cristã do nosso tempo.

  • Espiritualidade

    Nossa espiritualidade é apostólica. Isso significa dizer que existimos para tornar Jesus Cristo conhecido entre as crianças e jovens, por meio dos processos educativos, de forma sempre dinâmica, atualizada e fiel à Igreja. Incansavelmente, buscamos proporcionar às crianças e aos jovens espaços e oportunidades em que possam desenvolver a espiritualidade e os valores relacionados ao conhecimento, à liberdade, à responsabilidade, à transcendência, a fim de se tornarem “bons cristãos e virtuosos cidadãos”.

  • Alteridade

    O termo de alteridade nos remete à atitude do sujeito (ou da Instituição) em se abrir ao diálogo respeitoso e ao acolhimento fraterno da diferença do outro, na qual a diferença é percebida como possibilidade de enriquecimento dos significados da vida e do mundo.

    A Instituição Marista, embora de explícita identidade cristã e católica, não coloca obstáculos à diversidade religiosa. Ao contrário, defendemos a fé e a espiritualidade como dimensões constitutivas do ser humano. A diversidade religiosa é uma das facetas da alteridade, que, portanto, nos convida ao diálogo. Nesse sentido, respeitamos e incentivamos que as pessoas vivam a sua fé com fidelidade e coerência.

  • Solidariedade Socioambiental

    O tema da solidariedade transita por diversos campos de sentido. Nos últimos anos o Instituto Marista tem se empenhado para alinhar a compreensão do tema, para tornar possível a prática da solidariedade de maneira mais efetiva e sistêmica, sobretudo em relação ao seu caráter de promoção e defesa das infâncias e juventudes.
    No Grupo Marista, a Rede Marista de Solidariedade compreende o tema como “um convite pessoal e coletivo, que usualmente se traduz em uma causa de interesse comum que congrega pessoas e recursos, a fim de melhorar a “casa de todos”.

    O empenho para promover a cultura da solidariedade em tempos atuais aponta, em geral, para dois caminhos complementares. No primeiro temos a relação dos sujeitos entre si, entre comunidades e nações. No segundo, vê-se a ênfase nas relações de simbiose e interdependência entre os seres, ou seja, da relação que se estabelece entre os seres humanos com a natureza e demais seres que compartilham o mesmo ecossistema.

    Acreditamos que estas duas perspectivas devem caminhar juntas. Desejamos fomentar uma cultura de solidariedade de caráter social e ambiental, favorecendo as condições pastorais necessárias para a constituição dos sujeitos solidários, tanto nas relações humanas como nas relações com a natureza e seus sistemas.

  • Catequese

    No amplo processo de evangelização, a catequese desponta como a dimensão de educação e amadurecimento continuado da fé. Sua especificidade é transmitir ou ecoar fielmente a Palavra de Deus na comunidade de discípulos – que é a Igreja. Assim, pela catequese a Igreja deve tornar a fé viva, explícita e prática, conduzindo cada batizado “à maturidade cristã”. No Grupo Marista, a ação catequética contempla formas elementares: sistemática, sacramental, de iniciação, ocasional e familiar.

  • Infâncias e Juventudes

    Nosso compromisso com as infâncias e juventudes se materializa, sobretudo, na oferta da educação cristã, na catequese, na defesa, promoção e garantia dos direitos desses cidadãos. Mesmo quando não é possível estar presencialmente nos lugares onde eles se encontram, é nossa missão oportunizar às crianças e jovens, através de nossas escolhas administrativas, um variado leque de produtos e serviços, ações e projetos, experiências e espaços que lhes imprimam os valores cristãos e humanitários, e que promovam o sentido de sua dignidade.

  • Valores Maristas

    Os Valores Maristas podem ser compreendidos como um conjunto de pontos de vista, deveres, julgamentos, preferências e padrões de associação que determinam a visão de mundo de um indivíduo. Sua importância reside no fato de que, uma vez internalizado, torna-se, consciente ou inconscientemente, um padrão ou critério de conduta. Muitos são os valores que emergem da missão e identidade cristã marista. São eles:

    Realizamos o trabalho com disposição, excelência, perseverança, generosidade e espírito cooperativo, desenvolvendo os talentos a serviço do bem comum.

    Vivemos a espiritualidade mariana e apostólica, encarnada, relacional e afetiva, fundamentada em Jesus Cristo e no seu Evangelho, legada por São Marcelino Champagnat. Por meio dela, orientamos nossa compreensão do mundo e o nosso relacionamento com Deus, com nós mesmos, com as pessoas e com a natureza.

    Somos presença significativa e acolhedora junto às pessoas, com disponibilidade, transparência, confiança, justiça, vivendo relações que testemunhem o cuidado e o respeito.

    Buscamos a unidade na diversidade, por meio do respeito, do diálogo, da acolhida e da sinergia resultante das relações entre as diferentes identidades e culturas, seus agentes e suas respectivas expressões e contextos.

    Vivemos a simplicidade em nossas ações, relacionamentos e processos, com autenticidade e humildade, disponibilizando nossas potencialidades em favor da missão, em um esforço contínuo de reconhecimento e superação de nossas limitações.

    Afirmamos nosso espírito de família compreendendo-nos como diferentes e complementares ao vivenciar o acolhimento, o amor, o diálogo e a esperança, na ação constante para construir comunidades como espaços de vida.

    Somos comprometidos e perseverantes na busca do bem comum, na promoção e defesa dos direitos, preferencialmente com os pobres e excluídos que vivem em situação de fronteira, criando laços de responsabilidade recíproca e equânime na construção da paz, da justiça socioambiental, como sinal de esperança no mundo.

Vida_marista

CULTURA E MEMÓRIA MARISTA

A Cultura e Memória Marista compreende que chamamos de Patrimônio Histórico e Espiritual Marista, que compreende todo o conhecimento que se tem a respeito do legado de São Marcelino Champagnat e dos primeiros Irmãos, e do desenvolvimento do Instituto Marista no mundo e no Brasil, nos mais diversos suportes físicos e virtuais: documentos, materiais impressos, objetos, registros, entre outros.

Conheça mais clicando nas caixas abaixo:
  • Memorial Marista

    memorialO Memorial Marista tem a missão de reunir, organizar, conservar, conhecer, divulgar e produzir conteúdo acerca da documentação histórica da instituição e dar acesso ao Patrimônio Documental Marista do Instituto Marista, mormente da Província Marista do Brasil Centro-Sul / PMBCS, além de subsidiar ações educativas, sociais e culturais junto aos Irmãos, Leigos, Educadores, Gestores, colaboradores, crianças e jovens, comprometidos como carisma marista e a construção de uma sociedade sustentável, justa e solidária.

    Tem como visão ser um centro de referência na difusão e pesquisa da história institucional marista,integrado ao Plano Provincial de Formaçãodos Irmãos, Leigos, Educadores, Gestores, colaboradores, crianças e jovens e ao Sistema Nacional do Patrimônio Marista.

    E como objetivo ser um centro integrado da PMBCS para reunir, organizar, identificar, conservar e produzir conteúdo, e disseminar a documentação histórica para a formação geral, pesquisa e difusão da fundação e documentos do Instituto Marista, do carisma e da espiritualidade de São Marcelino Champagnat, bem como da espiritualidade mariana, da história, obras e produções da PMBCS para os públicos internos e externos da Província, do Brasil Marista e da Igreja, gerando produtos e serviços em diálogo com o campo da gestão do conhecimento, da comunicação e da cultura organizacional.

    O memorial será inaugurado em 29 de abril de 2017.

     

cultura_memoria_marista

VIDA MARISTA

O cristianismo se expressa como um mosaico de espiritualidades e carismas. O Instituto Marista reconhece variados modos de se viver a vocação cristã a partir do carisma de Marcelino Champagnat. Hoje, Irmãos, Leigos e Leigas Maristas se engajam na proposta de seguir Jesus Cristo, do jeito de Maria, a serviço das crianças e jovens, especialmente os mais pobres.

Veja abaixo algumas perguntas e respostas sobre Irmãos, Leigos e Leigas Maristas.

Quem é o Irmão Marista?

O Irmão Marista é aquele que opta pela vocação de ser um religioso consagrado, fazendo os votos de castidade, pobreza e obediência no Instituto Marista, servindo a Igreja na missão de evangelizar crianças e jovens por meio da educação.
Ele assume o compromisso de estar onde as crianças e jovens estão, caminhar junto deles, estender-lhes a mão, ensinar e aprender diferentes maneiras de tornar Jesus Cristo conhecido e amado.

O Irmão Marista é padre?

O Irmão Marista não é padre, não ministra sacramentos, não é pastor, não é casado e não é solitário. Sua opção é pela vida em pequenas comunidades espalhadas pelo mundo. Ele é católico e leigo consagrado, assumindo como regra de vida três compromissos: pobreza, obediência e castidade, chamados conselhos evangélicos. Animado pela espiritualidade apostólica marista (EAM), reconhece a distância existente entre o sonho e a realidade, solidarizando-se com os pobres e suas causas e para isso, pode se inserir na periferia e nos lugares de fronteira.

Quais as etapas de formação de um Irmão Marista?

Em geral, o Irmão realiza uma preparação de aproximadamente 7 anos. Recebe formação humana, cristã, filosófica e teológica e atua prioritariamente na educação e na pastoral, sempre em locais onde há crianças e jovens, de acordo com o seu jeito de ser e às necessidades do Instituto Marista: educação, filosofia, teologia, psicologia, serviço social, administração, comunicação etc. A vida de um Irmão Marista é normal. Ele habita uma casa, vive em comunidade, trabalha numa específica área de atuação, desenvolve sua vida espiritual, tem momentos de lazer. Busca integrar-se às necessidades e novidades do mundo e desenvolver seus talentos em benefício do outro.

Em que áreas os Irmãos podem atuar?

Depende muito das necessidades locais. Em geral, atuam nas áreas de evangelização, pastoral e docência, mas também no serviço da administração, da gestão em colégios, centros sociais, universidade, comunicação, saúde, centros de formação, animação vocacional, acompanhamento de jovens, entre outras.

De que maneira os Irmãos contribuem para a efetividade da Missão Marista?

O Irmão é um educador e evangelizador entre as crianças, jovens. Em conjunto com colaboradores e Leigos que partilham do carisma marista, anunciam a Boa Nova de Cristo, educando, defendendo e promovendo os direitos das infâncias e juventudes.

Quem são os Leigos e Leigas Maristas?

São pessoas que, ao longo da vida, despertam a vocação para viver o carisma de Champagnat. A presença marista no mundo é fruto da comunhão de pessoas movidas pelo legado do fundador do Instituto Marista. Junto aos Irmãos Maristas, os Leigos e Leigas partilham a Missão, seja atuando nas estruturas ou reunindo-se em fraternidades. No mundo marista existem diversas formas de expressar e viver o laicato Marista. No Brasil, um exemplo é o Movimento Champagnat da Família Marista (MChFM).

O que é a nova relação Irmãos e Leigos?

O Instituto Marista acredita que a nova relação entre Irmãos e Leigos é um caminho de comunhão e corresponsabilidade, vivido por homens e mulheres que partilham a herança espiritual de Champagnat e realizam juntos a missão educativa marista.

VALORES MARISTAS

Os valores Maristas podem ser compreendidos como um conjunto de pontos de vista, deveres, julgamentos, preferências e padrões de associação que determinam a visão de mundo de um indivíduo. Sua importância reside no fato de que, uma vez internalizado, torna-se, consciente ou inconscientemente, um padrão ou critério de conduta. Muitos são os valores que emergem da missão e identidade cristã marista. Para saber mais, clique aqui.