Marcelino Champagnat nasceu no dia 20 de maio de 1789, em Marlhes, na região montanhosa no centro-leste da França. Foi o nono filho de uma família cristã e muito religiosa, de quem recebeu formação básica. Quando completou 14 anos, um padre que passava por ele, ajudou-o a discernir o chamamento de Deus para o sacerdócio.

Entre os seus colegas no Seminário Marior, em Lyon, estavam João Maria Vianney, o futuro Cura D’Ars, e Jean-Claude Colin, o futuro Fundador dos Padres Maristas. Marcelino foi ordenado no dia 22 de Julho de 1816. Em seguida, ele foi nomeado coadjutor de La Valla. O seu apostolado incluía visitas aos doentes, catequese das crianças, auxílio aos pobres e orientação cristã das famílias.

No dia 2 de Janeiro de 1817, apenas seis meses após a sua chegada a La Valla, Marcelino, então com 27 anos de idade, recrutou seus dois primeiros discípulos para se dedicar efetivamente a educação de crianças e jovens. Teve início, então, a Congregação dos Pequenos Irmãos de Maria ou Irmãos Maristas.

Atualmente, os Maristas de Champagnat dão continuidade ao legado do fundador nos 5 continentes, em mais de 80 países. São 650 mil crianças e jovens impactadas, 3.500 Irmãos Maristas e 72 mil colaboradores trabalhando todos os dias para que a Missão Marista se torne realidade nos mais diversos contextos de vulnerabilidade.